Projeto: 30 antes dos 30

Dias desses foi o meu aniversário, e a parte mais legal de fazer 29 anos foi elaborar esse projeto/desafio. Como comentei nesse post, tenho 365 dias pra tentar realizar uma série de coisas maravilhosas antes dos 30.

Um ano para colecionar momentos, e não coisas.

30 antes dos 30 FB1

_________________________________________________<3 ____________________________________________

A LISTA

  1. Chegar aos 59kg
  2. Começar a usar creme “anti-idade”
  3. Ler “A Mulher de 30 Anos” (Balzac)
  4. Escrever meu livro
  5. Viajar sozinha um fim de semana
  6. Mudar o layout do blog
  7. Produzir conteúdo pra subir no canal do Youtube
  8. Aprender a fazer drinks
  9. Sair um fim de semana pra encher a cara com o Nica
  10. Abandonar um livro que adoro em algum lugar público pra que alguém o encontre
  11. Frequentar a academia por no mínimo 6 meses
  12. Mandar uma carta pra alguém
  13. Fazer um Picnic com as amigas
  14. Comprar uma DSLR
  15. Fazer um “Night Movie” em casa
  16. Transformar o pátio de casa em jardim
  17. Gravar as canções que compus
  18. Colocar Monroe piercing
  19. Doar sangue
  20. Fazer um home office lindo/confortável/inspirador pra trabalhar (FEITO)
  21. Fazer um jantar temático para os amigos
  22. Renovar meu guarda roupas
  23. Fazer duas sessões de fotos (uma comum, e outra a la “Suicide Girls“)
  24. Fazer um balanço pro Shai
  25. Aprender a tirar cartas/tarô
  26. Fazer 3 tatuagens
  27. Cortar o cabelo “bobcut”
  28. Doar meu cabelo pra meninas com câncer
  29. Tingir os cabelos de verde/azul/rosa
  30. Fazer uma grande festa pra comemorar a chegada dos 30

***

Eu volto dentro de um ano para acompanhar, e espero riscar muitos itens dessa lista.

Besos.

Advertisements

#Bday: 29 anos, o adeus aos “vinte e poucos” e a iminente chegada dos 30

Eu passei a maior parte da minha vida sem gostar de fazer aniversário. Sempre criava expectativas em torno da data que nunca se cumpriam, o que me deixava bastante frustrada. Por sorte, há quase 3 anos atrás uma pessoa maravilhosa saiu da minha barriga para me ensinar mais do que eu podia esperar. Me ensinou que a vida é algo pela qual vale a pena lutar e, sobretudo, desfrutar! O Shai, meu filho, é um sobrevivente do nascimento prematuro, e ele se agarrou á vida de forma tão comovente, que me fez concluir algo óbvio: só faz aniversário quem está vivo, e estar vivo é uma ótima razão para comemorar e festejar! 

 By Christopher Jobson

By Christopher Jobson

Hoje eu faço 29 anos, e a não simpatia pelos meus aniversários nunca teve nada a ver com o comum medo que as pessoas tem de envelhecer. Pelo contrário, sempre acreditei que cada ano que entra é uma nova oportunidade para viver o que o autor Paulo Coelho chama de “Lenda Pessoal” .

“…A lenda pessoal é aquilo que você sempre desejou fazer. Todas as pessoas, no começo da juventude, sabem qual é sua lenda pessoal.
Nesta altura da vida, tudo é claro, tudo é possível, e não temos medo de sonhar e de desejar tudo aquilo que gostaríamos de fazer. Entretanto, à medida em que o tempo vai passando, uma misteriosa força começa a tentar provar que é impossível realizar a Lenda Pessoal.
Esta força que parece ruim, na verdade está ensinando a você como realizar sua Lenda Pessoal.
Está preparando seu espírito e sua vontade, porque existe uma grande verdade neste planeta: seja você quem for, quando quer com vontade alguma coisa, é porque este desejo nasceu na alma do Universo. É sua missão na Terra…” (O Alquimista)

Esse ano que começa pra mim hoje, marca a despedida dos “vinte e poucos” anos, e a transição para a tão temida esperada “vida adulta”. Três décadas é, sem dúvidas, um marco na minha vida, e desde muito cedo eu determinei algumas coisas que queria fazer antes de cruzar esse “portal” invisível, mas tão poderoso.

Com a iminente chegada dos 30, foi inevitável não começar o balanço das coisas que determinei fazer/realizar antes de que essa idade chegasse. Não me surpreendi ao dar-me conta que haviam muitos itens que não chegaram nem perto de serem realizados, e outros que eu nem sonhava que poderiam me acontecer tão cedo, já são uma realidade. Não me tornei poliglota, mas sei 3 idiomas. Não viajei pelo mundo, mas vir morar sozinha em Buenos Aires foi uma puta viagem através do MEU mundo. Construí uma família linda que era planejada só pra depois dos 35, mas a vida é tão legal comigo que me proporcionou isso muito tempo antes. Tenho uma casa para chamar de MINHA, e o melhor de tudo: tenho 365 dias pra tentar realizar uma série de coisas maravilhosas.

Para concluir, a minha única determinação para os meus 29 anos, é conseguir realizar o máximo de coisas antes dos 30. Um ano para colecionar momentos e não coisas. É logico que vai ter lista, porque, né? Não seria eu! (risos) Mas a lista de coisas pra fazer antes dos 30 vai ficar pro próximo post, combinado?

Ps.:Escolhi essa arte linda do incrível Christopher Jobson porque representa o que quero para o meu ano novo que começa hoje: Que não me falte amor e nem fôlego para lutar em pról dos meus sonhos! 

Feliz aniversário, Liginha! ❤